Acessibilidade

A+
A-

Temperatura

Atendimento: 2ª à 6ª, das 7:00h às 13:00h (MS)
(67) 3471-1130 / 3471-1417 / 3471-1593

PREFEITURA DE IGUATEMI IMPLANTOU UNIDADE SENTINELA DA SÍNDROME GRIPAL.


Publicado em: 12/05/2020 21:08
Fonte/Agência: Imprensa Oficial
Autor: Kidão
PREFEITURA DE IGUATEMI IMPLANTOU UNIDADE SENTINELA DA SÍNDROME GRIPAL.

Com o objetivo de ampliar o atendimento e monitorar os casos suspeitos de COVID-19, a Prefeitura de Iguatemi, através da Secretaria Municipal de Saúde, implantou a Unidade Sentinela da Síndrome Gripal. Os trabalhos tiveram início na segunda-feira dia 4 de maio e a Unidade funciona no Pronto Atendimento Municipal-PAM, de segunda a Sexta-feira, exceto feriados, das 07hs às 11hs, e das 13hs às 17hs.

A equipe, é composta pela médica Dra. Alessandra Prado Terra, as Enfermeiras Beatriz Coutinho e Gislaine Fiorelli, a Técnica de Enfermagem Sônia Mara Pereira e a Recepcionista Clarice Martins. Serão atendidos pacientes residentes no Município que apresentem sintomas tais como: febre de 37,8º C; acompanhada de tosse, dor de garganta ou coriza ou dificuldade respiratória. O paciente será acolhido pela Enfermeira e na sequência pela Técnica de Enfermagem e posteriormente pela Médica.

Em todos os  casos suspeitos de COVID-19, serão fornecidos Atestados Médicos de 14 dias, e os pacientes assinarão um Termo de Compromisso e deverão cumprir o isolamento domiciliar. Caso qualquer membro da família apresente os sintomas citados acima, eles deverão ficar em isolamento e procurar assistência médica, caso seja necessário.

Seguindo determinações do Ministério da Saúde, a Unidade Sentinela da Síndrome Gripal de Iguatemi realizará a coleta de PCR e testes rápidos para detectar a existência ou não do vírus causador do COVID-19. Caso o paciente, no momento do atendimento, apresente pressão persistente no tórax ou saturação de 02 < 95%, ou coloração azulada dos lábios ou rosto ou piora nas condições clínicas de doença preexistentes, o paciente deverá ser encaminhado para estabilização ao Pronto Atendimento –PAM. Havendo necessidade de internação, será solicitado via CORE (Complexo Estadual), de um leito no Hospital São Judas Tadeu de Iguatemi ou, leito de Unidade de Terapia Intensiva nos Municípios de referência. A Unidade Sentinela é fundamental. Pois, garante amostragem representativa do perfil epidemiológico do paciente. Essa avaliação, permite medidas de contenção e prevenção antecipada do COVID-19.