Acessibilidade

A+
A-

Temperatura

Atendimento: 2ª à 6ª, das 7:00h às 13:00h (MS)
(67) 3471-1130 / 3471-1417 / 3471-1593

PREFEITURA DE IGUATEMI SE MOBILIZA NO COMBATE AO MOSQUITO DA DENGUE


Publicado em: 07/02/2020 16:05
Fonte/Agência: Imprensa Oficial
Autor: Kidao
PREFEITURA DE IGUATEMI SE MOBILIZA NO COMBATE AO MOSQUITO DA DENGUE

Com o agravamento das doenças transmitidas pelo vetor “Aedes aegypti”, a Secretaria Municipal de Saúde em ação conjunta com a Secretaria Municipal de Obras, estão realizando ações de combate aos possíveis focos do mosquito transmissor dessas doenças. O objetivo da campanha, além orientar e fiscalizar, é sensibilizar a sociedade para ações efetivas no combate ao mosquito.

A população precisa se conscientizar e evitar água parada em qualquer local em que ela possa se acumular, em qualquer época do ano. Além do Aedes Aegypti transmitir a Dengue hoje o mosquito tornou-se um dos maiores inimigos da saúde pública por transmitir também o vírus Zika e a Febre do Chikungunya. Ações de controle do vetor são imprescindíveis!!

Somente este ano, segundo boletim epidemiológico emitido em 22 de janeiro, o Estado do Mato Grosso do Sul já contava com 3.195 casos de suspeita de dengue, sendo que 4 pacientes vieram a óbito (moradores de Corumbá, Sete Quedas, Campo Grande e Cassilândia).

Diante disso, a Vigilância Sanitária e Controle de Vetores de Iguatemi estão intensificando as ações que busquem eliminar possíveis focos e criadouros do mosquito “Aedes aegypti”. É preciso o engajamento de todos para que a campanha tenha sucesso. 

As principais medidas de prevenção e combate ao Aedes Aegypti são:

 • Manter bem tampado tonéis, caixas e barris de água;

• Lavar semanalmente com água e sabão tanques utilizados para armazenar água;

• Manter caixas d’agua bem fechadas;

• Remover galhos e folhas de calhas;

• Não deixar água acumulada sobre a laje;

• Encher pratinhos de vasos com areia até a borda ou lavá-los uma vez por semana;

 • Trocar água dos vasos e plantas aquáticas uma vez por semana;

• Colocar lixos em sacos plásticos em lixeiras fechadas;

 

• Fechar bem os sacos de lixo e não deixar ao alcance de animais;

• Manter garrafas de vidro e latinhas de boca para baixo;

• Acondicionar pneus em locais cobertos;

• Fazer sempre manutenção de piscinas;

• Tampar ralos;

• Colocar areia nos cacos de vidro de muros ou cimento;

• Não deixar água acumulada em folhas secas e tampinhas de garrafas;

• Vasos sanitários externos devem ser tampados e verificados semanalmente;

• Limpar sempre a bandeja do ar condicionado;

• Lonas para cobrir materiais de construção devem estar sempre bem esticadas para não acumular água;

• Catar sacos plásticos e lixo do quintal.

Observação, Em caso suspeito de dengue, procure a Unidade de Saúde