Acessibilidade

A+
A-

Temperatura

Atendimento: 2ª à 6ª, das 7:00h às 13:00h (MS)
(67) 3471-1130 / 3471-1417 / 3471-1593

IGUATEMI PODERÁ SEDIAR O 10º FESTIVAL ESTUDANTIL TEMÁTICO DE TRÂNSITO.


Publicado em: 08/04/2019 15:51
Fonte/Agência: Imprensa Oficial
Autor: Kidao
 IGUATEMI PODERÁ SEDIAR O 10º FESTIVAL ESTUDANTIL TEMÁTICO DE TRÂNSITO.

A Secretária Municipal de Educação, Rosângela Socovoski, reuniu-se com representantes da Polícia Rodoviária Federal na quinta-feira dia (3), ocasião em que colocou o Município de Iguatemi à disposição para sediar a 10ª Edição do Festival Estudantil Temático de Trânsito (FETRAN MS). Para isso, é preciso que as Escolas Estaduais, Municipais e Particulares participem deste importante projeto.

Este projeto, é aprovado pelo Departamento de Polícia Rodoviária Federal e desenvolvido pelo Grupo de Educação para o Trânsito da Polícia Rodoviária Federal. O objetivo, é promover por meio das artes cênicas, a Educação para o Trânsito junto aos estudantes do Ensino Fundamental e Médio das escolas públicas e particulares de Mato Grosso do Sul.

“O FETRAN TEATRO”, busca, através das artes cênicas, formar cidadãos éticos que possa refletir sobre diversas situações atuando como agentes transformadores em prol de um trânsito mais seguro. E, o ambiente escolar é ideal para essas ações.

A Direção da Polícia Rodoviária Federal, encaminhou convite para todas as escolas do Município contendo algumas alterações com o objetivo de ampliar e democratizar a participação do maior número possível de peças e municípios. Em 2018, o evento contou com um número Record de participantes, 38 municípios apresentando 241 peças. Este ano de 2019, a organização espera que o número de Município seja muito maior.   

A Polícia Rodoviária Federal conta com valiosos parceiros, o DETRAN MS, FCMS, AGETRAN CG, UEMS e as Prefeituras Municipais de Mato Grosso do Sul. A Secretária Municipal de Educação Rosângela Socovoski, juntamente com os organizadores do FETRAN, esperam que as Escolas de Iguatemi participem maciçamente do projeto. O Município como o maior número de escolas participantes ganhará o direito de sediar o festival.