Acessibilidade

A+
A-

Temperatura

Atendimento: 2ª à 6ª, das 7:00h às 13:00h (MS)
(67) 3471-1130 / 3471-1417 / 3471-1593

Iguatemi conquista 6ª colocação em regulamentação do Programa Bolsa Família no Estado de MS.


Publicado em: 13/03/2018 13:11
Fonte/Agência: Assessoria de Comunicação
Autor: Anailton Batista
Iguatemi conquista 6ª colocação em regulamentação do Programa Bolsa Família no Estado de MS.

Secretária de Assistência Social Chrislayne com as integrantes do CRAS/Bolsa Família de Iguatemi.

A coordenação do Programa Bolsa Família de Iguatemi, feita através do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social), está comemorando o resultado de um trabalho que resultou na obtenção da sexta colocação entre todos os 79 municípios de Mato Grosso do Sul. Com 99,21% na média de pagamentos efetivados, o Programa elevou consideravelmente no primeiro trimestre de 2018, contemplando 878 beneficiários, dos 898 disponibilizados pelo Governo Federal.

De acordo com a secretária municipal de Assistência Social – Chrislayne Giovana Martins, este resultado demonstra o total empenho da equipe que atende o Programa Bolsa Família em Iguatemi com o apoio das secretarias municipais. “Parabenizamos o grande esforço da nossa equipe que trabalhou arduamente para elevar os índices de aproveitamento do Programa Bolsa Família em nosso município. São vários dias ininterruptos de trabalho, visitas domiciliares e atualização cadastral que resultaram neste resultado fantástico em favor das famílias beneficiárias” destacou a secretária. Ela falou ainda da importância da união de forças entre as secretarias do município “Com um trabalho sério e parceria entre as secretarias municipais de assistência social, saúde e de educação nós estamos conseguindo cumprir com todas as metas estipuladas pelo Estado”. Fazem parte da equipe do Programa Bolsa Família em Iguatemi as servidoras Maria Emília Neiva Dias (Coordenadora), Mara Regina Antunes (entrevistadora) e ainda a coordenadora do CRAS Gislaine Camargo.

Mesmo com a prerrogativa de bloqueio por parte da prefeitura para aquelas famílias que não forem localizadas, a coordenação do PBF se empenhou para localizá-las e garantir o pagamento do benefício. A meta mínima estipulada pelo Ministério do Desenvolvimento Social é de 98,5%.

O programa Bolsa Família é destinado à famílias de baixa renda e tem por objetivo o resgate da cidadania e é também um fator de aumento de recursos financeiros que implementa a economia do município.

 

 

 

Leia também