Acessibilidade

A+
A-

Temperatura

Atendimento: 2ª à 6ª, das 7:00h às 13:00h (MS)
(67) 3471-1130 / 3471-1417 / 3471-1593

CREAS E POLICIA MILITAR REALIZAM BLITZ EDUCATIVA PELA CAMPANHA AGOSTO LILÁS


Publicado em: 09/08/2017 18:56
Fonte/Agência: Comunicação Social
Autor: Renato Souza
CREAS E POLICIA MILITAR REALIZAM BLITZ EDUCATIVA PELA CAMPANHA AGOSTO LILÁS

Blitz educativa distribuiu folhetos em alusão a campanha “Agosto Lilás”

A Prefeitura de Iguatemi através do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS), em parceria com a Policia Militar, o Conselho Comunitário de Segurança e a Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres de Mato Grosso do Sul realizaram, nesta quarta-feira, dia 09, uma blitz educativa com a entrega de panfletos informativos sobre a violência contra as mulheres em alusão aos 11 anos da Lei Maria da Penha, no centro de Iguatemi.

 

A Campanha “Agosto Lilás”, instituída pelo Governo do Estado de MS, por meio da Lei n° 4.969/2016 visa sensibilizar a sociedade sobre a violência doméstica e familiar, bem como, a importância de denunciar o agressor.

 

A violência contra a mulher poder ocorrer de forma:

Física, batendo, empurrando, mordendo, puxando o cabelo, estrangulando, chutando, queimando, cortando, torcendo ou apertando os braços, são exemplos deste tipo.

Moral, fazendo comentários ofensivos na frente de estranhos, humilhando publicamente ou expondo a vida intima da vítima (inclusive em redes sociais).

Sexual, forçando a ter qualquer forma de prática sexual, sem consentimento, quando a mulher não quer ou quando estiver dormindo ou doente, ou até mesmo forçar a praticar atos que causa desconforto.

Patrimonial, controlando, retendo ou tirando o dinheiro da mulher ou causando danos aos seus bens, objetos ou animais de estimação, retendo documentos pessoais, instrumentos de trabalho, entre outros.

Psicológica, humilhando, xingando, criticando continuamente, ou desvalorizando a mulher. Atos como tirar a liberdade de ação ou crença, ou que impeça que ela trabalhe ou estude.

 

Violência contra a mulher é crime. Disque 100 e denuncie.


Clique e confira as fotos.

 

 

 

Leia também

Secretaria de Educação Cultura Desporto Lazer e Turismo
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Assistência Social e Trabalho